quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Momentos de Paz


Que o primeiro choro seja de paz
Sonhar desde o ventre materno
Com talvez um aconchego eterno
E desafiar a nova vida voraz.

Que o primeiro passo seja de paz
Ansiar e alcançar nosso objetivo
Buscar o caminho sem conhecer o perigo
Mostrar ao mundo do que já é capaz.

Que as primeiras palavras sejam de paz
Instrumento para a nova e surpresa visão
Que adiante realidade ou ilusão transformarão
O passado é passado e o futuro já se faz

Que os próximos anos sejam de paz
A vida fazendo-se de forte instrumento
Para crescer solidamente a todo momento
Podendo fracassar, mas desistir, jamais.

Que sejamos sábios perante a tentação tenaz
Constantemente fortes perante todo o mal
Caminhando com o bem e seu amor leal
Para que o último suspiro seja de Paz.

(Obra publicada no livro Recordações da maior família que já tive - Ano XX - 2007)
Share this article :

0 comentários :