quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Desde sempre

2 comentários :

100 Desde sempre, para sempre: Corinthians! 100

OgAAAM4kZZnApLh4Gxd8bMlcyOukyv3p2x5USTQTU6Q1kHiI9RvdxYUPd-48XH1YCIaDP7adYWsbUkNlDuayZKZbSo8Am1T1UL4R9RMdNe-XcuKA9fsRfFfeyM17Desde que eu me conheço, desde quando eu sei que sou gente, sei que sou corinthiano. Talvez a consciência de ser corinthiano precede a de ser gente, porque a paixão sempre vem antes de tudo. Na verdade, nasci corinthiano, aliás, em 1990, ano do 1° Brasileiro, e ao passar dos anos, fui sendo seduzido por essa arrebatadora paixão, que não dá margem para a fuga. É como a música “Para todos”, de Chico Buarque: o meu pai é corinthiano, meu avô corinthiano, o meu bisavô corinthiano… É algo de berço, ou melhor, de sangue. Nada melhor para um time que é do povo. Para o povo.

OgAAAB3PMlkipw3DmoaWSzihfAIumPQdAyw9jMY9M3QOKN6jIGj7EObDqnazXrSePZryj4d6l3mgJD8BqNfpOT0A4e0Am1T1UGrhkDDPYLBsPIZJ5kWQXPlYpItDE desde criança já sentia o peso do manto alvi negro, o que significava ser chamado de corinthiano, fazer parte de uma grande família. Porque ser torcedor do Corinthians não é dizer-se simpatizante de uma agremiação qualquer, mas um cidadão da maior nação popular do Brasil e oxalá do Mundo.

E vamos crescendo e aprendendo que, se eu quero ter estampado no peito o distintivo tão distinto, tenho que sofrer, lutar, aguerrir, perder e vencer. Mas sobretudo, amar. Na paz, na OgAAAKHiw4mnHAuiggSxD3CM87IchTdze403_kUnBm26zsANzC3I1Au31FRNSdiJTyXhqJnc9395Vrl2GHZ4xm3I-ioAm1T1UHyTli4JtjWx6nAvaspGAX_e7GMYconcordia, mas com os pés alinhados e a garganta afiada. Pois é pelo grito que tornamo-nos plenamente corinthianos. O grito do gol, do gol do título. Um grito que permanecerá inesquecível quando a faixa transversa o peito ou quando no estádio, no meio da massa, uníssonos vibramos.

Parabéns aos mosqueteiros que passaram pelo relvado, conquistando tantas glórias. Um passado, uma bandeira. Um presente, uma missão. Parabéns à fiel torcida, que faz do time, a cada jogo, sempre mais altaneiro, na certeza de que não é o time que tem uma torcida, mas a torcida que tem um time. 43400859030820101139

Parabéns Corinthians! 100 anos de glórias! Como canta o refrão: Nunca vou te abandonar. Porque aqui tem mais um louco, participante do bando, p equeno bando de 30 milhões. Ser corinthiano é orgulho e r esponsabilidade. Sob o patrocínio de São Jorge, e a força de uma nação: Avante, timão!

Edvaldo Betioli Filho

01 de setembro de 2010

Continue Reading...